Loading...

BEM VINDOS!


quinta-feira, 21 de julho de 2011

CROMOTERAPIA CIENTÍFICA


A cromoterapia é um sistema holístico (do grego holos = todo, total) de medicina natural que usa as cores para equilibrar a mente, as emoções, a parte energética e o organismo físico, tratando o paciente como um todo, aliviando seus sintomas, mas buscando as suas causas.
Um dos seus princípios é que as cores alteram a matéria do corpo físico, o qual compõe-se de átomos; quando energizados pelas cores, equilibram-se e reagrupam-se mais harmoniosamente, promovendo uma melhora que aumenta a confiança do paciente.
A cromoterapia científica concilia bem a ciência com a espiritualidade, as quais não podem mais ficar separadas, pois aprendemos que somos formados por corpos de energia: o físico, o corpo vital ou etérico, o corpo emocional, o corpo mental e os três corpos espirituais.
Segundo a medicina psicossomática, 90% das doenças têm origem na mente (pensamentos) e nas emoções, e por isso usamos técnicas de diagnóstico que descobrem a existência de alguma enfermidade já presente nesses níveis de energia e a caminho do corpo físico, podendo ser dissolvida ainda no nível energético e assim impedindo que somatize-se no corpo físico. 
Naturalmente, essas técnicas descobrem também as causas dos desequilíbrios que já estejam atingindo o organismo, bem como as cores que ajudarão a corrigir o problema. Para isso há dez técnicas de diagnóstico – dentre elas a radiestesia (uso do pêndulo) – compostas por aparelhos especiais e pela intensa utilização das mãos – nossos primeiros instrumentos de diagnóstico e de tratamento.
Portanto, não há “receitas” de tratamento que sirva para todos: cada paciente é único e tem uma necessidade energética diferente.
Um outro benefício da cromoterapia científica é que o cromoterapeuta corretamente preparado na arte da radiestesia, consegue informar ao paciente a cor e a nota musical correspondentes ao seu Raio ou Cor Individual, que o fazem vibrar novamente em harmonia consigo mesmo e com o universo . É o SEU som/cor pessoais. 
Em termos simples, todos nós nascemos sob a influência de um Raio ou “personalidade da alma” que nos dá as qualidades pessoais e os dons necessárias para desenvolver com sucesso a nossa tarefa de vida. E esse Raio corresponde a uma cor, a um som e a um Mestre Espiritual da Humanidade. Sabendo o seu Raio ou cor individual, o paciente fica conhecendo melhor as forças que em parte influem no seu modo de ser e pode então direcionar-se mais conscientemente para a realização do seu potencial e tarefa de vida, tornando-se mais satisfeito consigo e mais harmonizado com o mundo que o rodeia. 
Como exemplo, o Raio azul é o da Vontade-Poder, das pessoas que dão início à realização de idéias com determinação, dos líderes, dos pioneiros; 
o Raio rosa é o do Amor Universal, das pessoas que buscam ajudar as outras pessoas, reconciliá-las, uni-las. 
Um livro de cabeceira a respeito dos Sete Raios chama-se “Haja Luz”, editado pela Ponte para a Liberdade.
O tratamento na cromoterapia científica compõe-se de dez técnicas e de dezesseis métodos dos quais serão escolhidos os mais adequados ao caso do paciente. Dentre eles estão os cristais, a água solarizada, os alimentos, o banho de luz colorida, o banho de sol (helioterapia), as roupas e a música. 
A sala de cromoterapia é iluminada por uma luz verde – cor neutra e de equilíbrio – que fecha buracos na aura do paciente (causados por problemas emocionais e pensamentos negativos constantes) por onde ele perde energia vital e penetram energias negativas destruidoras principalmente do seu sistema nervoso. Assim, ao chegar ele já começa a ser ajudado sem o perceber. Tanto o cromoterapeuta quanto o paciente usam roupas brancas.
São oito as cores usadas na cromoterapia científica e cada uma delas produz um efeito benéfico no organismo e trata determinados distúrbios. São elas: o vermelho, o laranja, o amarelo, o verde, o rosa, o azul claro, o índigo (azul-marinho) e o violeta.
Por exemplo, o vermelho é estimulante: vitaliza o corpo, os órgãos e a personalidade; aquece, acelera os batimentos cardíacos e a circulação; desperta o desejo sexual, retira o cansaço, abre o apetite, fortalece músculos e ossos; dissolve pedras nos rins e vesícula; ao nível emocional alegra, dá iniciativa, coragem, otimismo e entusiasmo. É indicado para pessoas com desânimo, impotência, frigidez, pressão baixa, anemia, resfriado, fraqueza, paralisia, fraturas. Entretanto, é contra-indicado para pessoas agitadas, idosas ou com problemas cardíacos, mentais, pressão alta, arteriosclerose, tumores, febre, hemorragias, “derrame”, insônia e mulheres na fase menstrual ou grávidas. Por representar a vitalidade, podemos utilizá-la em pessoas anêmicas, apáticas e sem ânimo.
Já a cor Laranja elimina problemas respiratórios, desperta o desejo sexual, alivia convulsões, produz leite materno, rompe repressões, bloqueios mentais e emoções reprimidas, melhora a circulação sanguínea e a digestão, facilita a assimilação de novas idéias, dissolve pedras nos rins e vesícula; ao nível emocional aumenta o otimismo, alegria, autoconfiança, auto-estima, sendo excelente para depressão, estresse, medo e desânimo. É indicado para obesidade, bronquite, impotência, frigidez, resfriado, cansaço, falta de apetite, reumatismo, inflamações urinárias, diabetes, artrose, paralisia, prisão-de-ventre, fraturas, contusões. Todavia, é contra-indicado para pessoas nervosas, gestantes, apendicite. Para obesidade, recomendam-se alimentos de cor vermelha e laranja; um copo de água energizada laranja entre as refeições; cremes cromatizados nas áreas mais afetadas, dieta, banhos de luz laranja e tratamento da emoção causadora da fome excessiva: ansiedade, depressão, vazio interior, solidão, carência afetiva, etc.
O amarelo é tonificante; estimula os nervos, o aparelho digestivo, as células cerebrais (melhorando a concentração, memória e raciocínio), os movimentos peristálticos dos intestinos (eliminando a prisão-de-ventre) e os músculos; regenera ossos e medulas ósseas; desintegra cálculos renais e biliares; limpa toxinas da corrente sanguínea (pois ativa o sistema linfático), muco, vermes, cicatrizes e outros problemas de pele; ao nível emocional alegra, anima, equilibra, tratando: depressão, cansaço mental, stress emocional. É indicado para paralisias, eczemas, intoxicação, diabetes, problemas digestivos, hemorróidas, hanseníase, dispepsia, azia, fraturas ósseas, memória fraca, dificuldade de aprendizado. Entretanto, é contra-indicado em casos de excitação mental, histeria, taquicardia, alcoolismo, febre, hemorragia, insônia, diarréia e doenças mentais.
O verde acalma, regenera tecidos, fecha buracos na aura, estimula o sistema imunógico, é antiinflamatório e antiinfeccioso. Acelera a cicatrização e equilibra a pressão arterial. É excelente para úlcera, problemas do coração, câncer de mama, gripe, traumatismos ósseos ou musculares e problemas digestivos. Ao nível emocional alivia tensões, raiva e insônia, sendo indicado para desequilíbrios emocionais profundos, traumas e grande enfraquecimento espiritual. O verde não tem contra-indicações, sendo já a cor do uniforme de muitos médicos e dos quartos de Hospitais Públicos como o Miguel Couto e o Lourenço Jorge.
O rosa tem as mesmas indicações e contra-indicações do vermelho, mas além disso desintoxica a corrente sanguínea, é afrodisíaco, diurético, descongestionante e reenergiza o cromoterapeuta. Ao nível emocional anima, alegra, limpa mágoas, aumenta a auto-estima e o amor ao semelhante.
O azul é calmante, antiinflamatório, antiinfeccioso, antisséptico, regenerador celular de músculos, vasos sanguíneos e ossos. Muito usado em estética para problemas de pele (acne, rachaduras, micose, erupções, queda de cabelos, calvície, etc.). Alivia a dor, limpa energias negativas da aura, absorve e elimina gases estomacais e intestinais, lubrifica articulações, tubo digestivo e reto (prisão-de-ventre) e tecidos. Diminui os batimentos cardíacos e a fome. Alivia queimaduras, facilita a meditação, estimula a intuição e a paranormalidade (clarividência, clariaudiência, etc.). Ao nível emocional é bom para traumas, insônia, preocupação, nervosismo, ansiedade. É indicado para febre, problemas de garganta, reumatismo agudo, epilepsia, palpitações, hemorragias, sarampo, rubéola, varíola, afta, icterícia, diarréia, envenenamento, tumores. Porém, é contra-indicado em resfriados, pressão baixa, paralisias e pessoas apáticas.
O índigo tem as mesmas indicações e contra-indicações do azul, mas além disso coagula o sangue, produz poderosa anestesia local ou geral, desliga temporariamente a consciência do mundo externo e do corpo, elevando-a a dimensões superiores/interiores; afasta energias negativas; diminui a atividade da glândula tireóide e o ritmo respiratório; provoca a projeção (viagem) astral; promove grandes transformações em todos os níveis do ser. Ao nível emocional é bom para medo, frustração, perversão e obsessão.

E o violeta acalma, cauteriza, é um antibiótico; cauteriza infecções sérias, inflamações, tumores e rupturas; paralisa infecções; bactericida (limpa feridas internas e externas); age sobre os vícios; diminui os batimentos cardíacos, desperta intuições e inspira (útil para artistas); aumenta o poder da meditação; elimina toxinas da corrente sanguínea e tem uma ação germinativa sobre os cabelos. Ao nível emocional elimina o ódio, a irritabilidade, a cólera; acalma todas as emoções violentas, diminui a angústia e o medo, sendo bom para nervosismo, ciúme, temperamentos “a flor da pele”, excitabilidade, tensão, insônia e estresse. O violeta não tem contra-indicações.
Além do uso das luzes coloridas, muito importante é reprogramar positivamente a mente do paciente para a cura, observando as frases, as crenças, os pensamentos negativos que ele sem perceber manifesta no decorrer da entrevista inicial e das consultas, pois como já diziam os antigos, “mente sã em corpo são.”
Professor Antônio Vieira
(Publicada na Revista “Intrigante ” em Novembro/2001 e nos jornais Prana, Ganesha e Essência Vital em 2000)

Um comentário:

  1. Parabens pelo blog. Bonitas imagens. Muito bom os textos.
    Parabens.
    Manoel

    ResponderExcluir

Deixe neste espaço seu comentário!

Quem sou eu

Minha foto
Pinheiral, Rio de Janeiro
Terapeuta Holística residente em Pinheiral.Diretora do ESPAÇO SO HAM DE TERAPIA HOLÍSTICA. Comprometida com todas as formas de terapias complementares e energéticas.
Ocorreu um erro neste gadget